Buscar
  • Fernanda Costa e Andrade

Por que sua Empresa está sem dinheiro???


Por que sua Empresa está sem dinheiro???


Ainda sobre a repercussão do vídeo de férias, uma das perguntas que mais recebi foi:

E empresário no Brasil tem dinheiro para tirar férias?

Por que trabalho, trabalho e não tenho dinheiro para tirar férias?

Fernanda, socorro, por que minha empresa não tem dinheiro para nada???


É muito difícil, pra não dizer quase impossível, fazer um diagnóstico sem conhecer a fundo os processos da empresa. Suas particularidades, suas oscilações, necessidades do mercado... enfim, muitas variáveis para analisar.


Neste conteúdo vou tentar, de forma genérica, mostrar alguns fatores que fazem sua empresa está sem dinheiro.


Para isso, precisamos separar os ramos de atividades. Separar as empresas de serviço das de comercio. Vou focar nestes dois.


Vamos iniciar pelas empresas de serviços. Focando nos profissionais liberais. (contadores, coaching, especialidades medicas, dentistas, entre outros)


Primeiro ponto a se observar destes profissionais é se eles misturam sua PJ e sua PF?

Geralmente não conseguem separar o que é receita e despesa da empresa e seu pessoal.

Sem gestão, não tem como saber onde está vazando, se é que está vazando e onde podemos enxugar. Não da pra saber se a quantidade que sai é menor ou maior do que a que entra.

Não da pra saber se o valor cobrado está bom ou se pode melhorar.

Se o cliente é rentável ou não.

O prestador de serviço tem que ficar focado no resultado do cliente.


Lembrar que nem todo mundo pode ser seu cliente. Que nem todo mundo precisa do seu serviço. Precisa ter seu nicho muito bem definido.


Cansei de mostrar para os meus clientes de cobrança que certos tipos de clientes não serviam para eles. Que na maioria das vezes aquele cliente que você dá mais atenção é o que deixa menos recurso para empresa.


Quem aí nunca fez um preço quase simbólico para pegar um cliente “grande”? aquele que o valor é quase três ou quatro vezes maior que os outros, mas que na verdade te ocupa o tempo de cinco ou seis menores e nunca está satisfeito.


Meu mentor de gestão sempre repete esta frase pra mim: pequenas empresas, pequenos problemas, grandes empresas, grandes problemas.


Tem uma conta que precisa ficar em sua mente: para cada 01 grande, você precisa ter 05 pequenos. São estes cinco que vão custear suas despesas fixas.


Outro tipo de clientes são os “amigos”. Esses geralmente são bem difíceis de você receber e as demandas de serviços são as maiores. Na maioria das vezes demandas que nem estão em seu contrato. “É um tal de quara este galho...”


Seguindo este fluxo, seu dinheiro geralmente está aí, na sua inadimplência, na falta de rentabilidade ou nas suas despesas pessoais.


Inicie a busca nestes três pontos que com certeza vai achar onde está seu dinheiro. Daí é só você ajustar os processos que iniciará o retorno para o seu caixa.


Agora, vamos para a turma do comercio.

O comercio pra mim tem dois focos principais. Ou seu dinheiro está na área de vendas ou está na área de compras.

Quase que cem porcento das minhas auditorias em comercio o dinheiro está aí.

Vou explicar cada um deles.


Quando é que está na área de vendas?

Quando você vende pra quem não deveria vender. Ele fica em forma de inadimplência.

E não estou falando isso por que sou cobradora e sim porque sou gestora.

A cobrança não serve para concertar a venda malfeita.

Precisa vender certo. Precisa definir bem quem será seu cliente, suas formas de pagamento.

Precisa criar suas politicas de credito para depois vender.

Ah Fernanda, não tenho inadimplência, só vendo a vista ou no cartão de credito... não serve pra mim.

Ótimo, já conseguiu reduzir um ponto do vazamento na venda, mas temos outros, como por exemplo investir em marketing e promoções sem retorno.

Quando for investir qualquer recurso na empresa, precisa saber se teve retorno, precisa saber que vai ter que mudar em algum momento, pois o mercado muda, as necessidades dos clientes mudam e suas estratégias precisam mudar porque não será mais novidade.

Ah Fernanda, mas tem ações de marketing que são eternas.

Perfeito, essas você continua, pois teve retorno.


Outra vertente nas vendas são parcelas a perder de vista.

Mesmo que acerte no cliente e na forma de pagamento, mas se não ficar atendo a quantidade de parcelas, seu dinheiro vai ficar parado aí.

Cliente bom, forma de pagamento acertada e 12 parcelas. Percebe que só vai receber o valor total do produto no final de 12 meses?


Ai Fernanda, como você é bobinha, hoje consigo antecipar tanto os boletos quanto o cartão de credito.


Já viu quanto de custo financeiro foi embora com isso? Pode ser aí que você esteja perdendo uma boa parte do seu dinheiro.

Levante seus custos financeiros e veja se seu preço está absorvendo.


Bom acho que deu para entender onde está seu dinheiro quando falamos da área de vendas.


Na sua inadimplência, precisa de uma boa cobrança para recuperar seu dinheiro e de uma boa analise de credito para evitar.

Na sua forma de pagamento, definido melhor quais formas são mais seguras e com o melhor custo.


E saber pra quem quer vender, pois precisa vender certo. Nem todo mundo precisa ser seu cliente, lembra?


Vou contar uma história rapidinha que aconteceu comigo.

Um empresário do comercio me ligou para conversarmos sobre a cobrança da empresa dele.

Chegando lá, vi que a empresa era bem organizada, que tinhas formas de pagamentos bem seguras e que seu produto tinha um valor agregado alto.

Comecei a questionar o que eu estava fazendo lá.

O empresário me chamou pois queria iniciar a venda no boleto e já queria ter uma empresa de cobrança para as possíveis inadimplências.

Perguntei a ele o motivo pelo qual ele queria iniciar a venda nos boletos e ele me respondeu que queria aumentar o faturamento da empresa, perdia muita venda por falta da forma de pagamento boleto bancário.

Perguntei, hoje você vende somente a vista e no cartão de credito?

Ele me respondeu, não, vendo também num crediário aprovado por um agente financeiro parceiro que faz analise de credito para o meu cliente e libera ou não a venda. Assim que ele libera a venda, recebo o valor avista em dois dias.

Eu disse, excelente, possui somente formas de pagamento sem risco, por que você quer iniciar as vendas no boleto bancário?

Porque as vezes chega cliente aqui para comprar e não tem limite para passar o valor no cartão de credito e nem passa na analise no meu parceiro, dai não quero perder a venda e quero vender no boleto.


Jesus Cristo!!!! quando ouvi isso, quase tive um treco. Perceberam que as vezes é o próprio empresário que força a perda do dinheiro???


Se o cliente não tem cartão, não passou na analise de uma empresa especializada em credito, pra que você quer vender pra ele???

Temos que parar de achar que o que importa é a venda... pois realmente o que importa é a saúde financeira da sua empresa.


“Do que adianta vender e não receber???”


Falo esta frase com frequência.

Acho que entenderam sobre a venda, certo?


Vamos para a área de compra agora.


Quando que seu dinheiro está na compra? Quando compra e não vende. Está em formato de estoque.

Ah Fernanda, mas estoque não é perda, é imobilizado.

As vezes sim as vezes não.

Se tem um produto perecível você tem prazo para vender e pode perder, se é moda, também passa e pode ficar encalhado por um bom tempo.


Precisa entender bem do seu produto e do seu cliente para poder comprar certo.

Qual foi a ultima vez que fez uma analise do seu estoque. Que viu o que comprou, quanto comprou, quanto tempo levou para vender, se teve reclamação do produto, se teve troca, pra quem vendeu.... enfim... gestão do estoque.

Se não faz isso com frequência, está correndo um grande risco na hora de comprar.

Precisa ter informações bem claras para comprar certo.

Comprar o que gira rápido, o que tem mais aceitação, não o que é modinha.


Ah Fernanda, mas isso é tão obvio....


É, as vezes o obvio passa despercebido, o obvio tá tão na cara que não se ver.

Lembra do vídeo que fiz da gestão feijão com arroz??? É isso... é muito básico e geralmente se foca nas atividades mais complexas... esquece ou não se da tanta importância para aquelas feijão com arroz.


Então precisa avaliar onde está seu dinheiro e ter duas atitudes: o que fazer para tê-lo de volta??? e o que fazer para evitar a saída dele??? Seja ela onde estiver, na venda, na compra, no custo fixo....


Se você tem uma empresa que não é comercio ou serviço, se tem, e eu não consegui mostrar onde pode estar seu dinheiro, ou tenha ficado com alguma dúvida, entre em contato comigo, me chamo Fernanda Costa e terei o maior prazer em responder.


E não esqueça, se este vídeo foi útil pra você, curta, compartilha com seus amigos que tenham interesse sobre este assunto.


Vamos fazer juntos??? VEM RECEBER!!!


Porque COBRANÇA, não é só COBRANÇA.


Um Abraço e sucesso pra você!


#vemreceber #cobrançanaoesocobrança #fernandacostaeandrade #trabalhoduro #cobrança #inadimplencia #minimizarinadimplencia #evitarinadimplencia #soluçãoemcobrança #gestaofinanceira #consultoriafinanceira #consultoriaemcobrança #contasareceber #equipedecobrança #gestao360 #mentoriafinanceira #assessoriafinanceira #dom7 #melhoriacontinua #paixaopeloquefaço #melhorconteudo #disciplina #resiliencia


Me siga nas redes sociais e se inscreva no meu Canal do Youtube que enviarei conteúdos exclusivos para você.

Facebook: Fernanda Costa e Andrade

Instagram: @fecostaeandrade

YouTube: Fernanda Costa e Andrade

linkedin.com/in/fernandacostaeandrade

7 visualizações

© 2018 por Fernanda Costa e Andrade.

  • Facebook
  • Instagram